(22) 3853-1290.jpg
Rua dos Leites, 35 - Centro - Pádua - Tel. (22) 3851-0739.jpg
(22) 3861-3595.png
(22) 3861-2200  3861-2397.jpg

660 dias (e contando...) fora da Série A


Foto: Superesportes

O time mineiro que nunca havia caído para a Série B, até 2019, parece ter gostado da competição. Quase completando dois anos na segunda divisão do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro nem sequer ficou na décima colocação dentre as 65 rodadas disputadas até aqui.


No último domingo (26), o time jogou contra o CSA, de Alagoas, pela 26º rodada, e perdeu mais uma vez, completando, assim, cinco confrontos sem vencer. Desde que o meio-campista Thiago Neves disse em um áudio, enviado ao ex-presidente de futebol Zezé Perrella, a famosa frase: "Se a gente não ganhar do CSA, pelo amor de Deus né”, a Raposa nunca mais derrotou o CSA.


  • Cruzeiro 0 x 1 CSA (2019)

  • CSA 3 x 1 Cruzeiro (2020)

  • Cruzeiro 1 x 1 CSA (2020)

  • CSA 2 x 1 Cruzeiro (2021)

  • Cruzeiro 1 x 2 CSA (2021)


A frase foi dita em um contexto de crise da equipe celeste em um áudio vazado do jogador. Claramente, o atleta inferiorizava a capacidade do clube nordestino de vencer a partida. Na temporada de 2019, ambos foram rebaixados juntos. Em 2020, o CSA ficou em quinto lugar, com 58 pontos, quase conseguiu o acesso, já o Cruzeiro ficou no meio da tabela, em 11º, com 49 pontos.



Foto: ESPN

Ainda sobre o jogo, a Raposa, que era mandante, abriu o placar ainda no primeiro tempo, com Claudinho. Mas o Azulão não demorou muito para empatar, com Yuri, e virar com Iury, que comemorou de forma provocativa, se referindo também ao áudio de Thiago Neves, fazendo o gesto de estar ao telefone e dizendo “Fala Zezé", o que foi dito no início dos som vazado. Com isso, a internet e os torcedores dos rivais e adversários começaram a zoar o Cruzeiro, enfatizando que a derrota deixa os mineiros ainda mais distantes do acesso, e ainda mais próximos da zona de rebaixamento.

(22) 3861-2956.jpg
Rua Mal. Floriano Peixoto, nº 98 Centro, Miracema - RJ.jpg
CalceMais.calcados.jpg