• Henrique Chiapini

A "nova era" de Zinédine Zidane no comando do Real Madrid.

Como todos já esperavam, a demissão de Santiago Solari era iminente no Real Madrid. O ex-técnico merengue havia sido derrotado duas vezes para o Barcelona, em uma delas, a eliminação na Copa do Rei. Como já não bastasse os vexames em sequência, o Real Madrid surpreendeu a todos ao ser eliminado pelo Ajax, na Champions League, em pleno Santiago Bernabéu (maior derrota da história do clube, em Champions League, dentro de casa). Foi a gota d'água. Como se reestabelecer depois desses desastres?

Zinédine Zidane foi a solução! Não havia outro nome melhor no mercado do que esse. Há 9 meses, o francês pediu para sair do clube, pois acreditava que o Real Madrid precisava de mudanças para continuar vencendo. Além de Zidane, Cristiano Ronaldo também estava de saída - após uma briga interna com o presidente Florentino Pérez. Essas transformações repentinas afetaram bastante as estruturas merengues, que não encontraram substitutos à altura.

Agora, como técnico do Real Madrid novamente, Zidane já pediu a contratações de jogadores de "peso" para a reformulação do elenco. Os nomes são: Hazard, Mané, Mbappé, Pogba e Lucas Hernández. Vale lembrar que, na sua primeira passagem, o francês conquistou 9 títulos, sendo 3 Champions League em sequência (2015-16/2016-17/2017-18). Além disso, em 149 jogos, Zidane foi derrotado em apenas 16 - com uma média de 1 título a cada 16 jogos.

12 visualizações1 comentário

Receba nossas atualizações.

  • Ícone do Facebook Branco
  • Branca Ícone Instagram

© 2020 por Giro Esportivo.