(22) 3853-1290.jpg
Rua dos Leites, 35 - Centro - Pádua - Tel. (22) 3851-0739.jpg
(22) 3861-3595.png
(22) 3861-2200  3861-2397.jpg

"Ai credo, o Galão ganhou mais uma vez!!!"

Atlético-MG fecha 2021 com títulos do Campeonato Mineiro, Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil, encerrando um jejum de 50 anos e conquistando uma Tríplice Coroa.


Foto: Luan Lima

O ano de 2021 foi simplesmente mágico para o torcedor do Clube Atlético Mineiro. Após um início de temporada frustrante, depois de ver o Campeonato Brasileiro de 2020 escapar por apenas três pontos, o Galo contou com novas contratações de peso, como Hulk, Nacho Fernández, Diego Costa, e até mesmo a volta do zagueiro Nathan Silva (que estava emprestado ao Atlético-GO), e tinha esperanças de uma grande temporada. E começou muito bem, com mais um título mineiro para a conta, o 46°, segundo seguido.

As atenções do clube estavam voltadas para a grande obsessão atleticana: o Campeonato Brasileiro. O Galo vivia um amargo jejum de 50 anos sem ser Campeão Brasileiro. Tantos anos batendo na trave na hora decisiva, tantos anos sendo prejudicado pela arbitragem, e esse ano as esperanças estavam completamente renovadas. Entretanto, o Galo estreou com derrota diante do Fortaleza por 2 a 1 em pleno Mineirão, gerando desconfiança em algumas pessoas. Mal sabíamos que essa seria a única derrota do Galo em casa durante o campeonato. O clube jogou 19 partidas em casa, contando com 17 vitórias, um empate e uma derrota (melhor mandante na história dos pontos corridos), e no fim de um baita campeonato, o Galo se sagrou Campeão Brasileiro, encerrando um jejum de 50 anos, já que não ganhava o Brasileirão desde 1971.

Na Copa do Brasil, o Atlético entrou na terceira fase, e despachou o Remo-PA com um agregado de 4 a 1 (2 a 0 no Pará e 2 a 1 no Mineirão). Nas oitavas, o confronto mais apertado (na soma dos placares), contra o Bahia. 2 a 0 Galo no Mineirão, e, na Bahia, vitória do Tricolor de Aço por 2 a 1. Nas quartas de final, o Fluminense. O Galo abriu vantagem fora de casa, vencendo o jogo de ida por 2 a 1 no Maracanã, e venceu novamente no Mineirão, pelo placar de 1 a 0 - 3 a 1 no agregado. A partir da semifinal, só deu Galo! Atropelo em quem veio. Contra o ótimo Fortaleza, que fez um baita trabalho na temporada, 4 a 0 na ida, em Belo Horizonte. Na volta, em Fortaleza, mais uma vitória, dessa vez por 2 a 1 (6 a 1 na soma dos placares). Na final, contra o Athletico-PR, campeão da Sulamericana, todo mundo esperava um confronto difícil, mas o Atlético Mineiro não deu nem brecha para o Furacão: mais uma vez, 4 a 0 na ida, em BH, e, na volta, 2 a 1 no Paraná (6 a 1 no agregado). Galo Bicampeão da Copa do Brasil!!!

Com os três títulos, o Galo entra para o seleto grupo dos clubes que conseguiram uma Tríplice Coroa no futebol brasileiro: *Cruzeiro, 2003 - Campeonato Mineiro, Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil; *Flamengo, 2019 - Campeonato Carioca, Campeonato Brasileiro e Libertadores; *Palmeiras, 2020 - Campeonato Paulista, Copa do Brasil e Libertadores; *Atlético-MG, 2021 - Campeonato Mineiro, Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil;

A Libertadores foi o único campeonato que o Galo Mineiro disputou e não foi campeão na temporada. Entretanto, teve uma campanha muito digna: melhor da primeira fase, eliminado de forma invicta nas semifinais, pelo campeão Palmeiras.

No entanto, nada é capaz de diminuir a euforia e apagar as boas memórias que o atleticano guardará para sempre, na mente e no coração. Para muitos, inclusive para o “Rei” Reinaldo, o melhor Galo da história. O torcedor atleticano passou por muita coisa: 50 anos sem vencer um brasileiro, muita arbitragem prejudicial, rebaixamento, e, enquanto isso, via o rival empilhar taças. Mas, hoje, a história é outra: o torcedor, que mesmo nesses momentos difíceis apoiou o time, pôde desfrutar de algo que beira o surreal; o atleticano sobreviveu ao seu inferno, e agora vive o paraíso.


PARABÉNS, ATLETICANOS, PARABÉNS GALO!!! COM SOBRAS, O MELHOR TIME DO FUTEBOL BRASILEIRO EM 2021!!!

(22) 3861-2956.jpg
Rua Mal. Floriano Peixoto, nº 98 Centro, Miracema - RJ.jpg
CalceMais.calcados.jpg