• Henrique Chiapini Pereira

Cinco times e um mesmo objetivo!

Corinthians, Palmeiras, Red Bull Bragantino, Santos e São Paulo representam o estado na elite do Brasileirão.


Santos x RB Bragantino

Pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro, Santos e RB Bragantino entraram em busca dos três pontos, mas saíram apenas com o empate, na Vila Belmiro.



Foto: UOL Esporte


No jogo que marcou o retorno de Cuca, no comando da equipe da Baixada Santista, o time da casa obteve as melhores oportunidades, porém não souberam aproveitar e viram o campeão da Série B crescer e conseguir a igualdade no marcador.



Foto: Santos Futebol Clube


Em um primeiro tempo de equilíbrio entre as agremiações, o RB Bragantino, antes mesmo do relógio apontar o minuto inicial, teve a chance de sair na frente, entretanto, Vladimir, bem posicionado, impediu. O Santos, temendo a derrota já na abertura do campeonato, aumentou a pressão sobre o adversário e, a pedido do treinador, subiu a sua linha de marcação. A estratégia de Cuca não demorou para dar resultados. Aos 16 minutos, Fabrício Bruno derrubou Caio Jorge na grande área e, Ricardo Marques Ribeiro, árbitro da partida, assinalou o pênalti. Carlos Sánchez cobrou e perdeu. O meio-campista chutou pelo lado esquerdo da meta defendida por Cleiton.



Foto: Globo Esporte


No segundo tempo, antes do primeiro minuto, novamente, o Red Bull Bragantino chegou ao ataque. Artur fez uma excelente jogada, cortando para a entrada da área, mas foi parado pelo goleiro santista. A etapa final mostrava ser de total controle dos visitantes, todavia não contavam com o "mini míssil aleatório" de Marinho. Com confiança na finalização, o atacante chutou de muito longe e foi beneficiado pela falha de Cleiton.



Foto: O Liberal


O Santos, com o placar a seu favor, não soube aproveitar as novas ocasiões que criou. Pará, em cruzamento pela lateral direita, encontrou Uribe sozinho. O atleta não conseguiu dominar a bola, que sobrou para Soteldo, também sem marcação, finalizar para fora do gol adversário.



Foto: Globo Esporte


Com chances claras e efetivas, o RB Bragantino intensificava as suas idas à zona defensiva. Alerrandro acertou a trave, mas foi apontado o impedimento. Matheus Jesus, em nova possiblidade, completou à esquerda de Vladimir. No apagar das luzes, aos 47 minutos, em uma cobrança de escanteio de Artur, a bola sobrou para Claudinho empatar a partida.



Foto: Correio de Atibaia


Na próxima rodada, o Red Bull Bragantino buscará a vitória contra o Botafogo. A partida ocorrerá hoje, às 19h15, no Estádio Nabi Abi Chedid, Bragança Paulista. Já amanhã, o Santos enfrentará o Internacional, às 19h30, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.



Goiás x São Paulo



Foto: Globo Esporte


O enfrentamento foi suspenso, porque 10 atletas do Goiás foram testados positivamente para o novo Coronavírus. O clube esmeraldino entrou com pedido de suspensão da partida no STJD. A CBF acatou a solicitação e o jogo foi adiado.


A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) realiza os testes de Covid-19 em até 72 horas antes do início da partida, para que as últimas 24 horas sejam destinadas à liberação dos profissionais. Entretanto, após um erro constatado pela entidade, os exames que detectaram a contaminação de dez jogadores foram refeitos e confirmaram que os mesmos estavam, realmente, infectados.


Os jogos entre Corinthians x Atlético – GO e Palmeiras x Vasco foram adiados, em decorrência da final do Campeonato Paulista.



Foto: Alma Corinthiana


Foto: SuperVasco


Nesse sábado, 8, Palmeiras e Corinthians duelaram pelo título do Paulistão, no Allianz Parque. Com o primeiro jogo terminado em 0 a 0, tudo seria decidido no segundo confronto. A partida iniciou e terminou com o placar em igualdade. Os gols saíram somente na etapa final. Luiz Adriano, aos 4 minutos, marcou para os donos da casa; e , de pênalti, aos 52, empatou a partida. O empate levou o jogo para as penalidades máximas, tendo o Palmeiras como vencedor. A revelação do campeonato, Patrick de Paula, cobrou o último e decisivo pênalti. Esse foi o vigésimo terceiro triunfo paulista do "Verdão". O técnico, Vanderlei Luxemburgo, chegou ao seu quinto troféu no comando e, colocou, após doze anos, a equipe palmeirense no topo do futebol de São Paulo.




Por: Marcos Moreira

Edições: Henrique Chiapini

11 visualizações

Receba nossas atualizações.

  • Ícone do Facebook Branco
  • Branca Ícone Instagram

© 2020 por Giro Esportivo.