• Henrique Chiapini

Com boas chances para os dois lados, o Flamengo vence o Vasco e conquista a Taça Rio.

Mesmo com o time reserva, o Flamengo se consagra campeão da Taça Rio, após derrotar o Vasco na disputa por pênaltis. Ambas as equipes tiveram boas oportunidades de marcarem. Pelos rubro-negros, Vitinho era quem levava mais perigo ao gol defendido por Fernando Miguel, com finalizações de longa distância. Do outro lado, os cruz-maltinos exploravam a velocidade dos ponteiros, Marrony e Rossi, além de "contar" com a eficiência de seu centroavante, Tiago Reis. Mas foi apenas no segundo tempo que os gols ocorreram.

Aos 10 minutos, Danilo Barcelos cobrou o escanteio procurando o jovem, iluminado, Tiago Reis, que antecipou a marcação de Uribe, para colocar o Vasco em vantagem na partida. Com esse tento, o atacante formado na base vascaína fez o seu 4° gol em 4 jogos (média de 1 gol/jogo). Enquanto tudo parecia que se encaminharia para o título cruz-maltino, Bill acertou um cruzamento na cabeça de Arrascaeta, que empatou a partida aos 48 minutos do segundo tempo.

Na decisão por pênaltis, o Flamengo desperdiçou uma cobrança com Rodinei, para coroar a péssima atuação do lateral rubro-negro, que errou praticamente todas as tentativas de cruzamento. No lado do Vasco, além de César defender o pênalti de Tiago Reis, o goleiro ainda "contou" com a sorte, pois Rossi e Werley chutaram para fora. Mesmo com a má atuação de Uribe e Rodinei, o Flamengo suportou todas as adversidades dentro de campo para superar o rival.

Com o título da Taça Rio, o Fluminense segue vivo no Campeonato Carioca. O tricolor irá enfrentar o Flamengo novamente, em umas das semifinais. Enquanto isso, o Vasco terá que disputar a semifinal contra o Bangu, para, aí sim, chegar a decisão da competição.

20 visualizações

Receba nossas atualizações.

  • Ícone do Facebook Branco
  • Branca Ícone Instagram

© 2020 por Giro Esportivo.