• Henrique Chiapini

Com uma escalação equivocada, o Flamengo perde para o Emelec e se complica na Libertadores.

  • Após uma semana turbulenta (conflitos entre torcedores e jogadores), o Flamengo perde para o Emelec, no Equador, e se complica na Libertadores. Com as ausências de Éverton Ribeiro, Vitinho e Arrascaeta, o técnico rubro-negro - Jorge Jesus - utilizou uma escalação inovadora, porém completamente equivocada. Com Rafinha improvisado e Cuéllar no banco de reservas, o Flamengo foi a campo visivelmente desfigurado.

  • No primeiro tempo, com a dificuldade da criação de jogadas ofensivas, os brasileiros optaram pelos lances individuais, principalmente com Gabriel, que foi o único que levou perigo ao gol defendido por Dreer. Na tentativa de buscar o empate, o Flamengo finalizou 14 vezes, sendo apenas duas em direção à baliza. Enquanto isso, o aproveitamento do Emelec estava em alta. Mesmo construindo poucas oportunidades, a equipe equatoriana foi extremamente eficiente em suas conclusões.

  • Vivenciando uma temporada abaixo de suas pretensões, essa foi a primeira vitória dos estrangeiros, dentro de casa, na Libertadores. Além disso, o time de Guayaquil está na sétima posição do campeonato nacional. Fato raro para quem já está participando de sua décima Libertadores consecutiva. Dentre essas aparições, o Emelec enfrentou o Flamengo em 7 oportunidades, ganhando 2 e perdendo 5.

  • Com o resultado de hoje, o rubro-negros terão que vencer por 3 gols de vantagem, na semana que vem. Caso contrário, mais um vexame será escrito na história do clube.

9 visualizações

Receba nossas atualizações.

  • Ícone do Facebook Branco
  • Branca Ícone Instagram

© 2020 por Giro Esportivo.