(22) 3853-1290.jpg
Rua dos Leites, 35 - Centro - Pádua - Tel. (22) 3851-0739.jpg
(22) 3861-3595.png
(22) 3861-2200  3861-2397.jpg

Cruzeiro empata e se distancia ainda mais do G-4


Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

O Cruzeiro foi a campo em busca de mais uma vitória para conquistar o acesso. Nesta terça-feira (12), contra o Botafogo, tivemos dois tempos bem distintos. No primeiro, um domínio completo do Cruzeiro, e, na etapa complementar, o Botafogo comandou as principais ações.


O time tem uma sequência muito forte enfrentando os três primeiros colocados. No primeiro jogo, contra o Coritiba, a Raposa conseguiu vencer por 3 a 0 fora de casa, adquirindo uma grande vitória. Contra o Botafogo, o empate por 0 a 0 faz a equipe totalizar 39 pontos, se mantendo na 11ª colocação. Na próxima rodada, o clube mineiro enfrentará o terceiro colocado, o Avaí.



Escalações:

Cruzeiro: Fábio, Matheus Pereira, Eduardo Brock, Leonardo, Rômulo, Nonoca, Adriano, Leque, Giovanni, Bruno José e Thiago.

Botafogo: Diego, Jonathan, Carli, Kanu, Jonathan Silva, Pedro Castro, Barreto, Warley, Chayene, Marco Antonio e Rafael Navarro.



1º Tempo: Nos primeiros minutos iniciais, a partida foi bem disputada, porém o Cruzeiro foi mais ofensivo, conseguindo fazer mais chegadas de perigo. Aos 28 minutos, eram seis finalizações contra zero do Botafogo. Aos 32, após muita reclamação em um lance polêmico, Fábio e Giovanni foram amarelados, e pelo Botafogo, Joel Carli ficou pendurado. O alvinegro carioca deixou a desejar, não parecendo que é o atual vice-líder do campeonato.


2º Tempo: Aos 9 minutos, houve a primeira chegada do Botafogo que saiu de um escanteio, mas Fábio fez uma grande defesa, impedindo o alvinegro de abrir o placar. Na sequência, os visitantes continuaram a pressionar. Aos 12, mais uma oportunidade incrível foi desperdiçada por Rafael Navarro. Minutos depois, o Cruzeiro fez seu melhor lance, mas o mérito parou nas mãos do goleiro Diego. Aos 40, pressão total dos donos da casa. O Cruzeiro conseguiu desperdiçar várias chances, chutando todas para fora, fazendo com que a partida terminasse em 0 a 0, aumentando ainda mais a distância do G-4.



Destaques:

Cruzeiro: Os principais destaques da partida ficaram por conta da defesa cruzeirense, que, nos últimos jogos, vem fazendo grandes atuações. Nesta terça, Matheus Pereira, Eduardo Brock, Leonardo e Rômulo souberam "dar o bote" nos momentos certos. O que também chamou a atenção foi a breve participação de Vitor Roque, que entrou no segundo tempo e jogou apenas 18 minutos, pedindo a substituição. De acordo com o departamento médico, o atleta alegou cansaço.


Botafogo: A equipe melhorou disparadamente na etapa complementar. As mudanças feitas pelo técnico Enderson Moreira foram importantes; saíram Johnathan Silva, Warley, Chay, Marco Antonio e Rafael Navarro para a entrada de Luiz Henrique, Carlinhos, Diego Gonçalves, Rafael Moura e Oyama.


A arbitragem atuou bem. Nos momentos em que a situação saía do controle, ou as reclamações eram exageradas, o árbitro Denis da Silva não exitou em aplicar o cartão amarelo. Com isso, o Cruzeiro (cinco amarelos) perde peças importantes para a próxima rodada, já o Botafogo (dois amarelos) fica com alguns atletas suspensos.

(22) 3861-2956.jpg
Rua Mal. Floriano Peixoto, nº 98 Centro, Miracema - RJ.jpg
CalceMais.calcados.jpg