Em busca da Glória Eterna: Palmeiras e Santos disputarão a final da Libertadores

No próximo dia 30, sábado, às 17h, Santos e Palmeiras farão a terceira final brasileira na história da Libertadores (São Paulo x Athletico Paranaense - 2005; Internacional x São Paulo - 2006; Santos x Palmeiras - 2021), sendo que esta será a primeira entre times do mesmo estado. Sem favoritismo, o clássico paulista acontecerá no Maracanã e, logicamente, sem a presença do público.



Foto: Conmebol

Depois de 21 anos, o Palmeiras está de volta a uma decisão de Libertadores. Desde a sua fundação, o "Verdão" já disputou quatro finais da competição, conquistando apenas um título - 1999 - e sendo vice nas outras três vezes - 1961, 1968 e 2000. Na última terça-feira, 12, a equipe comandada por Abel Ferreira foi facilmente superada pelo River Plate. Porém, no somatório dos dois jogos, melhor para os brasileiros, que venceram por 3 a 0 na Argentina.



Foto: Conmebol

Do outro lado está o Santos. Mesmo diante de todos os problemas que enfrentou ao longo da temporada, o "Peixe" está a um passo de conquistar a sua quarta Libertadores da América. Enfrentando uma forte crise política, afundado em dívidas - ao ponto de não poder mais contratar - e perdendo jogadores por conta dos salários atrasados, o time da Vila Belmiro fez uma campanha inesquecível, com apenas uma derrota no torneio internacional.



Foto: Andre Penner/Reuters

Cuca, que chegara desacreditado, acolheu o elenco e encarou todos os transtornos extracampo. Além dos atletas, o técnico também tem muito mérito por ter chegado até aqui. Com a perda de importantes peças no seu plantel, o treinador foi forçado a remontar a sua equipe constantemente. No meio disso tudo, o surto de Covid-19 também atacou o clube paulista, dificultando ainda mais a vida santista.



Foto: Ivan Storti/Santos FC

É claro que ninguém chega à decisão da Libertadores por acaso. Mas, diante das circunstâncias, o Santos foi muito mais guerreiro do que o Palmeiras. Sem dinheiro e com um elenco mais limitado, o time liderado por Cuca atingiu o inimaginável.


O "Porco", por sua vez, fez a sua pior atuação desde a chegada de Abel Ferreira, o que deixou os torcedores preocupados para a final que está por vir. Faltam 15 dias. Até lá os adversários irão se estudando para não cometer erros que custam um título tão importante.

26 visualizações0 comentário