• Henrique Chiapini Pereira

Esse seria o “novo normal” do Cruzeiro?

Em estreia de Enderson Moreira no comando do Cruzeiro, o "Cabuloso" goleia a URT e segue na briga pela classificação para a próxima fase do Campeonato Mineiro.



Foto: GloboEsporte


Nesse domingo, 26, às 11h, Cruzeiro e URT entraram no gramado do Mineirão pela 10ª rodada do Campeonato Mineiro.

Os donos da casa ganharam por 3 a 0 e ocupam a quinta posição, com 17 pontos, enquanto os visitantes, a oitava, com 11 pontos.


O histórico do confronto tem a "Raposa" com o melhor retrospecto: são 23 vitórias contra duas do time de Patos de Minas, além de cinco empates.


O que chama a atenção para esse duelo é o tempo de preparo que cada agremiação teve. A URT veio com apenas duas semanas de treinamento, enquanto o Cruzeiro usufruiu por cerca de nove semanas.


Se por um lado o técnico interino da URT, Johnatan Alemão, lamentou o curto prazo para a preparação, o treinador celeste, de última hora, recebeu uma notícia desagradável para a sua esquadra: o zagueiro Léo foi diagnosticado com Coronavírus e, consequentemente, foi afastado da partida.


O técnico Enderson Moreira, em sua primeira partida pelo o time, escalou um Cruzeiro diferente do que o torcedor estava acostumado a ver antes da pandemia. Com um poderio ofensivo e jogadores velozes, o time da capital mineira entrou precisando da vitória para seguir em busca da classificação para as semifinais da competição.



Foto: Cruzeiro/Instagram


Os ajustes providenciais feitos pelo comandante, fizeram com que o primeiro tempo fosse de total domínio cruzeirense. A URT, sufocada, não obteve boas chances de ataque, e se viu "encurralada" nos primeiros 45 minutos.


Com a equipe celeste pressionando desde o início da partida, o gol não demorou para sair. Aos 4 minutos, em uma cobrança de escanteio, Cacá apareceu livre na área adversária e cabeceou para o fundo das redes da URT.

Em mais um lance de pressão do Cruzeiro, aos 10 minutos, o lateral-esquerdo, Jhonathan, perdeu a posse de bola para Régis, Patrick Brey avançou e tocou para Thiago que, por sua vez, só teve o trabalho de empurrar para o gol.



Foto: Supereportesmg/Instagram


A superioridade permaneceu no segundo tempo. O zagueiro Marllon, substituto do capitão Léo, recebeu um cruzamento rasteiro de Stênio e, aos 8 minutos, ampliou o marcador para a "La Bestia Negra".

Com o placar já administrado, Enderson pôde rotacionar a escalação. Entraram: João Lucas, Machado, Claudinho, Judivan e Welinton, que tiveram a missão de exibir um bom futebol e demonstrar a todos que podem continuar no plantel, além de fazer parte da campanha para o retorno do clube na primeira divisão do futebol brasileiro.



Foto: Superesportesmg/Instagram


Na próxima quarta-feira, 29, o Cruzeiro enfrentará a Caldense, no Estádio Ronaldão, em Poços de Caldas. A URT fará a sua partida contra o América, no Estádio Zama Maciel, em Patos de Minas. Ambos os combates acontecerão às 21h30, horário de Brasília.


Por Marcos Moreira

Edições: Henrique Chiapini

47 visualizações

Receba nossas atualizações.

  • Ícone do Facebook Branco
  • Branca Ícone Instagram

© 2020 por Giro Esportivo.