• Henrique Chiapini

Flamengo abre 3 gols de vantagem, mas vê o rival encostar no placar mesmo com o time reserva.

Na última rodada classificatória da Taça Rio, o Flamengo abre 3 gols de vantagem, mas vê o Fluminense encostar no placar em poucos minutos, no Maracanã. Após pressão rubro-negra no primeiro tempo, bola na trave e defesas do goleiro Agenor, ninguém imaginaria uma possível reação tricolor. Até aos 13 minutos do segundo tempo, o Flamengo dominava o Fluminense, que só havia chegado ao gol do rival em um passe errado originado por Rodrigo Caio, em que Caio Henrique finalizou no travessão e, na sequência, Willian Arão afastou o perigo em cima da linha. Nesse momento da partida, Bruno Henrique fazia uma exibição de gala. O ponteiro já havia marcado 2 gols, além de dar uma assistência para Gabigol deixar o dele. Juntos, os ex-santistas apresentam um entrosamento muito forte. São 8 gols de Gabriel na temporada, sendo que em 4 deles tiveram a colaboração de Bruno Henrique. Além disso, o artilheiro serviu Bruno nos seus únicos 2 passes para gol em 2019. Porém, mesmo com o time reserva, o Fluminense não se deu por vencido. Os dois gols tricolores saíram após falhas defensivas do Flamengo. O primeiro, Dodi recebeu livre na área para mandar para o fundo da rede. Já o segundo, João Pedro ganhou na bola aérea entre dois marcadores rubro-negros. Depois dos dois tentos, o jogo tomou uma dinâmica inimaginável. O Fluminense cresceu na partida, acreditando em um possível empate. Com isso, as disputas pela posse de bola foram mais brigadas, havendo até uma expulsão no final do confronto. Com o fim da fase classificatória, o Flamengo voltará a enfrentar o Fluminense na próxima quarta-feira, pela semifinal da Taça Rio.

6 visualizações

Receba nossas atualizações.

  • Ícone do Facebook Branco
  • Branca Ícone Instagram

© 2020 por Giro Esportivo.