• Henrique Chiapini Pereira

Na estreia de Rogério Ceni, Hugo falha e São Paulo abre vantagem sobre o Flamengo na Copa do Brasil

Na noite desta quarta-feira, 11, Flamengo e São Paulo estiveram frente a frente novamente. Porém, dessa vez, o clássico inter-regional foi válido pelas quartas de final da Copa do Brasil. Entusiasmados com a chegada do novo técnico, Rogério Ceni, os torcedores rubro-negros recepcionaram o elenco com uma grande festa ao redor do estádio. Mas, dentro de campo, o resultado não foi o esperado. Com dois gols de Brenner, o São Paulo venceu o Flamengo por 2 a 1 e terá a vantagem do empate no jogo da volta, que acontecerá na próxima quarta-feira, 18, no Morumbi.



Foto: Nayra Halm/Fotoarena/Folhapress


No início desta semana, após a derrota por 4 a 0 contra o Atlético Mineiro, o Flamengo anunciou a demissão de Domenèc Torrent. Para substituir o ex-auxiliar de Pep Guardiola, a diretoria rubro-negra foi atrás de Rogério Ceni. O aval do treinador foi momentâneo, agilizando o processo e regularizando as burocracias para tê-lo na beira do campo no jogo de ontem. Tudo havia dado certo para o ex-técnico do Fortaleza ter uma ótima estreia a frente da equipe. Contudo, o placar foi adverso e gerou preocupação para os torcedores cariocas.



Foto: Alexandre Vidal/Flamengo


Minutos antes da bola rolar, as novidades já surgiam na escalação do Flamengo. Com apenas um dia de treino, Rogério Ceni optou por relacionar os jogadores mais experientes. O setor defensivo, que é o mais questionado no momento, pelo fato do time ser a segunda pior defesa do Campeonato Brasileiro, foi o mais aguardado. Diante disso, apenas Gustavo Henrique permaneceu entre os titulares. Natan e Hugo estavam no banco de reservas, enquanto Isla e Filipe Luís estavam ausentes. Mesmo assim, a zaga continuou sendo o problema rubro-negro.



Foto: Alexandre Neto/Photopress/Estadão Conteúdo


No primeiro minuto do segundo tempo, Gabriel Sara deu um belíssimo passe para Brenner, que correu por trás de Gustavo Henrique e ficou cara a cara com Diego Alves. O atacante precisou apenas deslocar o goleiro para abrir o placar no Maracanã. Porém, a vantagem durou somente dois minutos, que foi quando Gabriel Barbosa descontou para o Flamengo. Com a igualdade no marcador, o jogo ia ganhando tons de empate, até que, aos 42 minutos, Hugo Souza, que havia entrado no lugar de Diego Alves, teve a infelicidade de perder a bola para Brenner e ver o artilheiro são-paulino marcar o tento da vitória.



Foto: Reprodução


Nos últimos onze jogos disputados, o jovem atacante tricolor balançou as redes treze vezes, além de ser o goleador da equipe na Copa do Brasil. Dos sete gols feitos pelo São Paulo na competição, seis foram de Brenner. Absurdo!



Foto: Miguel Schincariol/São Paulo FC


Antes de se encararem novamente pela Copa do Brasil, Flamengo e São Paulo terão pela frente o Brasileirão. No próximo sábado, 14, os tricolores irão visitar o Fortaleza, às 19h, no Castelão. Enquanto isso, os rubro-negros receberão o Atlético Goianiense, às 21h30, no Maracanã.

12 visualizações

Receba nossas atualizações.

  • Ícone do Facebook Branco
  • Branca Ícone Instagram

© 2020 por Giro Esportivo.