(22) 3853-1290.jpg
Rua dos Leites, 35 - Centro - Pádua - Tel. (22) 3851-0739.jpg
(22) 3861-3595.png
(22) 3861-2200  3861-2397.jpg

Tom Brady: 44 anos e 22 temporadas na NFL


Foto: Reprodução/Instagram: tombrady

Muitos o conhecem como Tom Brady, outros como “marido da Gisele Bündchen”, mas nosso queridíssimo “Giselo” é muito mais do que apenas um jogador de futebol americano. Ele é, de longe, o maior jogador da história da liga.


Thomas Edward Patrick Brady Jr., nasceu em 3 de agosto de 1977, na Califórnia. Jogou futebol americano universitário pela Universidade de Michigan, de 1995 a 1999 – formando-se em estudos gerais, com diploma em Psicologia e Administração de Negócios. Logo em 2000, foi selecionado na sexta rodada do Draft daquele ano para jogar no New England Patriots.


Atuou como quarterback dos Patriots por quase 20 anos – de 2001 a 2019 – e ajudou o time a disputar nove finais e a conquistar seis títulos, empatando com a franquia Pittsburgh Steelers.


Mesmo com 44 anos, ele continua amassando qualquer time que está em seu caminho e, durante uma entrevista para o Thursday Night Football no Amazon Prime, ele mesmo afirmou que, se dependesse de sua vontade, jogaria até os 50 ou 55 anos – o que é bastante incomum na NFL, já que muitos jogadores se aposentam antes dos 35 anos.



QUEBRA DE RECORDES

Alguns torcedores e fãs de futebol americano afirmam que Tom Brady pegou uma fase próspera da franquia e, por isso, conseguiu se sair tão bem na conquista dos títulos. Porém, não podemos discordar que o californiano tem um talento nato para o esporte.

Até sua sexta vitória, Brady foi acumulando vários recordes e seu nome ficando cada vez mais famoso.

  • Eleito o jogador mais valioso (MVP) das finais XXXVI, XXXVIII, XLIX, LI e LV;

  • Eleito o MVP de temporada regular dos anos de 2007, 2010 e 2017;

  • Conquistou a maior marca de títulos da história da liga, desbancando Charles Haley – que possuía cinco títulos;

  • Foi selecionado para 14 Pro Bowls;

  • Levou seu time a ganhar 16 vezes a AFC East.

Ao longo desses 18 anos jogando pelo New England Patriots, nosso “Giselo” e seu então treinador, Bill Belichick, conquistaram 200 vitórias em temporadas regulares e outras 30 em playoffs, elevando-os ao patamar de dupla mais prolífera da história da National Football League.


Ficou sem fôlego? Respire fundo porque temos mais!


No ano de 2020, se transferiu para o Tampa Bay Buccaneers e, logo em seu primeiro ano na equipe, voltou para casa com mais um título – sendo seu sétimo título na carreira. Com isso, ele se tornou o jogador com mais títulos que qualquer franquia da liga.



Foto: Reprodução/Instagram: tombrady

No ano de 2021, no dia 24 de outubro, quebrou mais um recorde. Aos 44, o camisa 12 dos Bucs alcançou a marca de 600 passes para touchdowns, em uma partida contra os Bears. Ele é o primeiro jogador da liga a chegar nessa marca. Nesta temporada, cujo Super Bowl está marcado para fevereiro de 2022, o time liderado por Brady se encontra classificado para os playoffs, com 13 vitórias e 4 derrotas.


TEMPORADA DE PLAYOFFS 2021

Esse momento da temporada para o Tampa Bay Buccaneers iniciou-se em uma disputa contra o Philadelphia Eagles – e saíram vitoriosos, marcando 31 pontos em cima do time das águias que marcaram apenas 15 pontos.


Logo em seguida, Brady enfrentou o Los Angeles Rams. O começo do jogo foi bastante promissor para os Rams, até o terceiro quarto eles estavam com uma vantagem de 24 pontos em cima dos Bucs. As esperanças dos torcedores piratas se renovaram quando, em menos de 15 minutos, Brady conseguiu recuperar seus 24 pontos e empatou o jogo em 27 a 27. Foi um jogo emocionante para ambos os lados, mas infelizmente, aos últimos segundos da partida, Rams conseguiu marcar um Field Goal que lhes concedeu três pontos para a vitória.


A participação dos Bucs e de Tom Brady na temporada de 2021 chegou ao fim, o time terminou com 14 vitórias e 5 derrotas.



TOM BRADY E APOSENTADORIA NA MESMA FRASE?

Na última terça-feira de janeiro (25), em seu podcast Let's Go!” com Jim Gray, Brady contou desapontado sobre a eliminação do time na semifinal da conferência e também disse que não tem pressa para tomar uma decisão sobre seu futuro na liga.


“A maior diferença agora que estou mais velho é que também tenho filhos agora, sabe, e me importo muito com eles também. Eles têm sido meus maiores apoiadores. Minha esposa é minha maior apoiadora e se machuca ao me ver levar pancada, ela merece o que ela precisa de mim como marido, e meus filhos merecem o que precisam de mim como pai. [...] É o que queremos como família. E eu vou passar muito tempo com eles e descobrir no futuro o que vem a seguir”.

A equipe do Tampa Bay Buccaneers expressou sua vontade para que Brady retorne aos campos, mas também foram compreensivos e lhe deu o tempo e espaço que precisar para poder discutir com a família.


"Quando chegar a hora de pensar em pós-carreira e segunda carreira, vou pensar nessas coisas. É só quando você tem 44 anos que perguntam muito sobre isso. E muitas pessoas achavam que eu iria terminar de jogar futebol em 2015. Muitas pessoas em 2016 disseram: 'Você acabou'. Muitas pessoas em 2018, e quando eu deixei o New England Patriots. Eles diziam: 'Você terminou." - Finalizou o Quarterback.

Porém, para a infelicidade de muitos, na primeira terça-feira do mês de fevereiro (01), Brady publicou um discurso em seu Instagram, no qual confirmava sua aposentadoria. Ele escreveu:


“É difícil escrever sobre isso, mas aqui vai: eu não farei mais algum compromisso competitivo. Eu amei minha carreira na NFL, mas agora é hora de focar meu tempo e energia em outras coisas que merecem minha atenção.”

Brady mandou agradecimentos a toda a equipe dos Bucs, família, amigos, fãs e um agradecimento especial à Gisele e seus três filhos.



Foto: Reprodução/Instagram: tombrady

É triste ver grandes estrelas se aposentando, mas é, da mesma forma, gratificante ver quantas conquistas eles trouxeram para o esporte. A carreira do nosso queridíssimo GOAT não se resume aos Patriots ou aos Bucs, o que Brady fez dentro da NFL é indiscutivelmente surreal.




Por: Sofia Carvalhido, estudante do 2º período de Jornalismo da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)

(22) 3861-2956.jpg
Rua Mal. Floriano Peixoto, nº 98 Centro, Miracema - RJ.jpg
CalceMais.calcados.jpg