• Henrique Chiapini Pereira

Fluminense pressiona, mas Flamengo vence após um contra-ataque fatal

Nesse domingo, o Flamengo venceu o Fluminense e abriu vantagem na grande decisão do Campeonato Carioca. O clássico não foi diferente do jogo passado, em que o tricolor demonstrou maior empenho para garantir o resultado. Porém, dessa vez, a vitória foi rubro-negra.


Com Léo Pereira, Éverton Ribeiro e Gerson no banco de reservas, o Flamengo precisava vencer para espantar as críticas, depois da derrota na final da Taça Rio. No primeiro tempo, a equipe de Jorge Jesus foi pouco ameaçada e construiu duas grandes oportunidades de gol. A primeira foi aos 14 minutos, quando Gabigol dominou, ajeitou para o meio e finalizou firme, para a excelente defesa de Muriel. A segunda chance foi quando Pedro balançou as redes, após uma ótima triangulação do meio-campo do Flamengo.



Foto: Thiago Ribeiro/AGIF


Centroavante, revelado nas Laranjeiras, Pedro fez outra boa partida. Oportunista, o atacante marcou mais uma vez contra o seu ex-clube, mostrando eficiência em suas suas finalizações. Com isso, o jovem atleta pode ser ainda mais aproveitado por Jorge Jesus, já que o time disputará várias competições simultâneas.


No entanto, no segundo tempo, o Fluminense dominou o Flamengo. Esperava-se o contrário, mas os tricolores supreenderam novamente. Com duas chances de gol, Yago Felipe foi o grande destaque da equipe de Odair Hellmann, mas o meio-campista foi parado por Diego Alves, que evitou uma reviravolta no placar. Dodi também testou o goleiro em uma finalização de longa distância, mas sem eficácia.


Após retornar envolvendo o rival, o Fluminense empatou a partida aos 15 minutos, com Evanilson desviando o cruzamento de Egídio e aproveitando a desatenção de Gustavo Henrique. Desde a venda de Pablo Marí, a torcida do Flamengo tem se incomodado com os zagueiros substitutos do espanhol, visto que Léo Pereira também tem falhado em lances importantes.



Foto: Lucas Merçon/Fluminense


Mesmo sofrendo pressão, o Flamengo "achou" o gol da vitória em um contra-ataque fatal. Após o escanteio cobrado por Nenê, a bola sobrou para Rafinha, que fez um ótimo lançamento para Gabigol. O atacante passou por Egídio e cruzou para Michael que, sem marcação, completou para o fundo das redes.



Foto: Alexandre Vidal/Flamengo


Os dois times se encontrarão novamente na próxima quarta-feira, 15, às 21h. Sem escapatória, descobriremos o campeão do Campeonato Carioca 2020.




Por: Henrique Chiapini

17 visualizações

Receba nossas atualizações.

  • Ícone do Facebook Branco
  • Branca Ícone Instagram

© 2020 por Giro Esportivo.